Posicionamento SOGISC: Recomendação da vacinação contra covid-19 para gestantes e puérperas

10 de junho de 2021
Considerando o expressivo aumento da mortalidade materna por COVID-1 e a preocupação com a saúde e bem-estar de gestantes e puérperas, a Associação de Obstetrícia e Ginecologia de Santa Catarina (SOGISC) recomenda a imunização de todas as grávidas, baseada nas seguintes razões:

• Até o momento, as evidências científicas e dados epidemiológicos disponíveis mostram que a gestação e o puerpério são fatores de risco para desfechos desfavoráveis da COVID-19, resultando em um maior risco de hospitalizações, partos prematuros e óbito de mulheres;

• Segundo dados analisados pelo Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19, o número de mortes de grávidas e puérperas por Covid-19 mais que dobrou em 2021 em relação à média de 2020. A média saltou de 10,5 em período de 43 semanas durante 2020, para 25,8 gestantes e puérperas que morreram neste ano, durante 14 semanas epidemiológicas.

• Atualmente as vacinas disponíveis no Brasil que possuem autorização e são recomendadas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) para este público são: Coronavac e Pfizer-BioNTech. Os imunizantes não apresentam riscos relatados na população acerca de danos maternos e fetais, dispondo de recomendações nacionais e internacionais para sua utilização em qualquer fase da gravidez;

• O momento vivenciado no Brasil ainda é crítico, somado à chegada do inverno na Região Sul que favorece o aumento do número de casos de síndromes respiratórias em geral.

Diante dos fatos, a SOGISC reafirma seu posicionamento de RECOMENDAR A VACINAÇÃO PARA TODAS AS GESTANTENS E PUÉRPERAS (E LACTANTES) SEM COMORBIDADES, respeitando a decisão e a autonomia da mulher. Adicionalmente, ressalta a importância da manutenção das medidas de prevenção não farmacológicas (uso de máscaras, álcool gel, higiene e lavagem das mãos, isolamento e distanciamento social), além do acompanhamento médico próximo para esclarecimento de dúvidas e realização de exames adicionais.


Dra. Jussimara Souza Steglich
Presidente SOGISC

Save the date: IX Congresso Catarinense de Ginecologia e Obstetrícia e VI Congresso Catarinense de Perinatologia!

Definida a data do IX Congresso Catarinense de Ginecologia e Obstetrícia e VI Congresso Catarinense de Perinatologia! Desde já convidamos a todos os associados e profissionais da área da saúde da mulher a fazerem parte destes dois grandes eventos que acontecerão nos dias 21, 22 e 23 de setembro, no formato-online. ⠀

Nós da Comissão Organizadora do Evento estamos preparando uma intensa programação científica com tópicos atuais e a presença de profissionais de renome nacional e internacional.⠀

Faça desta grande troca de conhecimento!⠀

Aguarde!⠀

Dia 28 de maio - Dia internacional da luta pela saúde da mulher

Hoje é o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna que visam conscientizar a sociedade sobre os diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres.

Entre as principais doenças que afetam o sexo feminino estão câncer de mama, endometriose, infecção urinária, câncer no colo do útero, fibromialgia, depressão e obesidade.

A SOGISC reafirma seu compromisso de atuar pela saúde e melhor qualidade de vida da mulher e ressalta a importância de uma ação conjunta, entre os profissionais da saúde e gestores públicos, afim de conscientizar sobre a realização de exames periódicos e preventivos e a adesão de hábitos saudáveis.

#juntospelasaúdedamulher

Série Webinar SOGISC – Vamos discutir saúde sexual?

O Núcleo de Sexologia e Ginecologia Regenerativa da SOGISC promove uma série de três aulas especiais para discutir a saúde sexual feminina com a participação de especialistas convidadas e moderação da Dra. Jussimara Steglich, Ginecologista e Sexóloga/Febrasgo. ⠀

As aulas serão no dia 27 de maio, a partir das 20h, com transmissão online através da plataforma ZOOM. O evento é gratuito e exclusivo para associados e os dados para acesso serão enviados aos associados através de e-mail e contato do whatsapp.⠀ ⠀

Confira a programação:

- Aula 1 - Diagnóstico das disfunções sexuais pelo ginecologista | Palestrante: Dra Lúcia Lara, Ginecologista e Sexóloga – Febrasgo⠀
- Aula 2 - Transtorno do orgasmo | Palestrante Dra. Sandra Scalcon, Ginecologista e Sexóloga – Febrasgo / SBRASH⠀
- Aula 3 - Transtorno excitação/interesse sexual. Dra Patrícia Thomazelli, Ginecologista e Sexóloga/ Febrasgo.⠀

Programe-se.⠀

Nota Técnica nº 627/2021-CGPNI/DEIDT/SVS/MS: orientações sobre a suspensão temporária da vacinação contra covid-19 com a vacina AstraZeneca/Oxford

Ministério da Saúde
Secretaria de Vigilância em Saúde
Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis
Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações

NOTA TÉCNICA Nº 627/2021-CGPNI/DEIDT/SVS/MS

Orientações referentes à suspensão temporária da vacinação contra a covid-19 com a vacina AstraZeneca/Oxford em gestantes e puérperas; interrupção da vacinação contra a covid-19 em gestantes sem comorbidades e continuidade da vacinação contra a Covid-19 em gestantes com comorbidades.

 

Acesse o conteúdo completo clicando aqui (PDF).

Feliz Dia das Mães

Nossa homenagem, respeito e admiração a todas as mães que através do amor e dedicação com os filhos inspiram um novo futuro. A SOGISC, através dos seus associados, orgulha-se de auxiliar no momento de transformação mais importante da mulher, onde ela deixa de ser singular para tornar-se plural. Muito além da promoção da saúde, nosso propósito é acolher mulheres em todas as fases da vida incluindo a gestação e o nascimento do bebê, garantindo a valorização, respeito de escolhas e uma melhor qualidade de vida. Feliz Dia das Mães.

Sogisc

 

Manifesto a favor do Revalida

 

Em consenso com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a classe médica brasileira, a Associação de Obstetrícia e Ginecologia de Santa Catarina (SOGISC), filiada à Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) repudia o Projeto de Lei nº 3.252/2020, o qual permite a contratação de “supostos” médicos graduados em instituições estrangeiras sem aprovação no exame Revalida.

Mediante uma das crises mais graves de saúde pública do país, no qual a covid-19 já vitimou mais de 400 mil brasileiros - incluindo 650 médicos -; a possibilidade de dispensa do Revalida é uma afronta e total desrespeito com a classe médica, que desde o início da pandemia está na linha de frente, atuando sob condições adversas, em jornadas exaustivas e colocando em risco seus familiares.

Atualmente é necessário que o médico estrangeiro seja aprovado na prova do Revalida para exercer a medicina no País, conforme Lei nº 13.959/2019. A medida representa uma forma de proteção à saúde e à vida da população. Suspender as provas do exame possibilita que a comunidade seja atendida por profissionais sem o conhecimento e habilidades mínimas requeridas.

Vale ressaltar que desde a sua criação, o Revalida acumula baixos índices de aprovação. Fato que aponta o baixo conhecimento médico da maioria dos candidatos inscritos.
A SOGISC defende o investimento de políticas públicas e educacionais que incentivem a qualificação da classe médica, a valorização e o fortalecimento do SUS visando o atendimento digno aos brasileiros. Para isso, apelamos ao Congresso Nacional para que derrube o PL 3.252/2020.

 

Florianópolis, 29 de abril 2021.
SOGISC | Associação de Obstetrícia e Ginecologia de Santa Catarina

Nota técnica nº 467/2021 - Trata das orientações da vacinação dos grupos de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e gestantes e puérperas na Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19

Nota Técnica | Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde emitiu nota técnica com as orientações da vacinação dos grupos de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e gestantes e puérperas na Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19.

O documento atualiza e orienta que todas as grávidas e puérperas sejam colocadas no grupo prioritário para receber a vacina.

Os critérios de priorização para vacinação dos grupos de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e gestantes e puérperas foram divididos em Fase I e Fase II.
- Gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade terão prioridade na Fase 1 de vacinação.
- Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes terão prioridade na Fase 2 de vacinação.

 

Leia na íntegra, clique aqui

Mesa redonda: Abordagem precoce e tratamento das complicações Covid em gestantes - 22/04

CONVITE – No dia 22 de abril, quinta-feira, a SOGISC promove mesa redonda sobre a abordagem precoce e tratamento das complicações de Covid-19 em gestantes, com a participação do pneumologista, Dr. Antonio Cesar Cavallazzi, do médico intensivista, Dr. Gustavo Maia Moreira e da ginecologista e obstetra, Dra. Grace Serafim Claro.

O evento é gratuito e exclusivo para associados. Tem início a partir das 20h00 com transmissão online pela plataforma Zoom. Os dados para acesso serão enviados aos associados através de e-mail e contato do whatsapp.
Link para acesso: https://bit.ly/3x1bYhN