Febrasgo recomenda que gestantes recebam dose de reforço de vacina contra a Covid-19

Em novo comunicado, a @febrasgooficial recomenda que gestantes recebam dose de reforço de vacina contra a Covid-19.

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia recomenda que a imunização de reforço ocorra, pelo menos, seis meses após o recebimento da segunda dose. Atenta ainda para que a dose de reforço seja ministrada por meio das vacinas aprovadas para mulheres grávidas e em puerpério, preferencialmente a da Pfizer/BioNTech. Produzida a partir de mRNA, esta vacina foi bastante aplicada em gestantes e não apresentou intercorrências. Caso não esteja disponível, a vacina Coronavac/Butantan, gerada por meio de vírus inativado, também é permitida para aplicação neste grupo.

 

Confira o conteúdo completo no link: www.febrasgo.org.br/pt/covid19/item/1327-febrasgo-recomenda-que-gestantes-recebam-dose-de-reforco-de-vacina-contra-a-covid-19 .